Fomos convocados!

09-01-2010 22:17

É urgente lembrar que Jesus nos convocou para a mais importante das missões: conquistar vidas para o Seu Reino.

Estamos no ano do Euro, todo o país se prepara para um verão cheio de visitantes, cores, adeptos e muita animação.

Selecções preparam-se há meses para o momento em que poderão saborear a glória de serem campeões Europeus. Os melhores hotéis irão receber os melhores jogadores que vêm a Portugal para darem o seu melhor, com o muito staff de apoio.

Cada jogador sente-se honrado, pois é uma alegria poder jogar e representar o seu país. Muitos ficaram nos seus países de origem a chorar e desiludidos com os seleccionadores, e com eles mesmos por não terem tido o nível suficiente para representar seu país.

E quando vimos um jogador a se naturalizar português, e ser chamado para representar Portugal? Vimos sentimentos de inveja, revolta e admiração numa nação que vê a necessidade de ter um seleccionador Estrangeiro (Estratégia), e ponta de lança (Acção).

Ao assistir a este cenário, lembro-me da seguinte passagem da Bíblia: “E, convocando os seus doze discípulos, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demónios, e para curarem doenças; e enviou-os a pregar o reino de Deus, e fazer curas.” (Lucas 9:1 e 2)

Talvez seja urgente lembrar-te que Jesus continua a convocar-nos para esta tarefa. Não foi só para os apóstolos, é para os discípulos, e nós somos chamados a ser discípulos. No capítulo a seguir, Jesus volta a convocar os disponíveis, e agora já são setenta para a mesma função: trazer pessoas para o Reino de Deus.

Jesus contínua à procura de discípulos, de atletas, de jogadores neste campeonato tão importante que envolve vidas humanas. Graças a Deus por aqueles que ao virem para o nosso país sentem a chamada e a honra de ser convocado pelo Mestre, mas dá que pensar… Será necessário virem os estrangeiros para desempenhar o nosso papel?

 

Jogadores de bancada

Vais preferir ficar a assistir na bancada, ou vais pagar o preço e entrar para esta sublime selecção? Ser jogador não é fácil, exige um elevado esforço de preparação e muito exercício. Na selecção de Cristo também só é bem sucedido o que se prepara na palavra e se exercita na fé, com muita consagração e oração.

Hoje vemos a maior parte dos nossos crentes a assistir na bancada. Preparadores, treinadores deparam-se com jogadores sem preparação e muitos até lesionados… Jesus é o médico que pode curar as nossas feridas e nos ajudar a estar em forma para entrar em campo e vencer… mas nós também temos de estar nos treinos (cultos) para receber instruções e estarmos preparados. Temos de nos abster de certas coisas que prejudicam a nossa performance em campo e nos enfraquecem (santificação).

 

Marcando golos, experimentando vitórias

Jesus quando convoca dá o “poder” e a “autoridade”. Querem melhor seleccionador do que este? Ele chama-nos a ganhar e a não experimentar derrotas. Deixa de ser jogador de bancada e entra em campo, marca golos na baliza do nosso inimigo, esforça-te e experimenta a vitória. Ele garante ”Poder e autoridade sobre todos os demónios”.

Não fiques à espera que venham para Portugal outros irmãos, de outros países conquistar pessoas para Deus. Paga o preço, entra em campo, segue a táctica do Mestre e sê vencedor!

Se quiseres podes te juntar à nossa equipa para conquistar Portugal. Na tua cidade, na tua escola, no teu emprego… Conto contigo!

 Deus conta contigo, porque afinal....  Tu foste convocado!

 

Um abraço deste teu amigo,

 

Josué da Ponte, BSteen Junho 2004