Escolhas

09-04-2010 20:58

“Que maçada. Não sei o que escolher!” Muitas vezes somos confrontados com situações que nos obrigam a fazer escolhas. Umas mais fáceis, outras mais difíceis. Algumas trazem grandes CONSEQUÊNCIAS outras não. Pois é... não as podemos evitar, é necessário CORAGEM para as tomar. Sim, mas o que escolher?

“Não percebo nada disto, já não sei o que fazer!” Na vida um dos maiores desafios é saber fazer e ter coragem de ESCOLHER! Isso é saber viver. O tema é vasto e não era apenas nestas 2 páginas que podíamos pensar sobre toda a sua importância. No entanto, é importante que penses nisto: as escolhas dos amigos, as escolhas dos lugares que podemos frequentar, e principalmente a escolha mais importante que temos que fazer na nossa vida, dar TODO o nosso coração a Deus.

Começou há pouco tempo uma nova época para quase todos nós. Mais um ano de escola, novas disciplinas, novos amigos, novas decisões. Não sei, se estás no 9º ano, no 12º, mas tenho a certeza que já te passou imensas vezes pela cabeça: “Que área vou escolher? Será que vou para a universidade? Vou trabalhar? Gosto mais daquela área, mas toda gente diz que tenho que ir para outra... o que fazer?” Às vezes dá vontade de GRITAR! “Mas... mas o que devo fazer... não percebo nada disto! Ainda por cima se escolho errado... GRANDES CONSEQUÊNCIAS! Não consigo fazer nada de jeito, ou acabo por perder tempo e ter que voltar atrás ... ou simplesmente acabo a fazer uma coisa que não gosto nada!”

É  dificil .... mas como é que vamos ultrapassar isto?

Na Bíblia, existem várias narrações de pessoas que passaram exactamente pelo mesmo problema que nós: O que escolher? Por exemplo quando o povo de Israel estava na fronteira com a terra prometida por Deus, depois de atravessar o deserto, Moisés mandou 12 espias a Canaã. O povo ouviu os espias dizer que haviam gigantes naquele território. Embora Deus tenha prometido aquela terra, eles queriam voltar para trás... o que fazer? Podes ver bem as consequências que eles sofreram por causa da escolha que tomaram. Não confiaram na promessa de Deus e tiveram que ficam 40 anos no deserto. A maioria das pessoas morreram e nunca chegaram a ver essa terra prometida por Deus (Números 13 e 14).

David quando muito jovem teve uma grande decisão a tomar... Israel estava em guerra com os filisteus e todos fugiam de Golias. Ninguém tinha coragem de o enfrentar. David podia ser simplesmente mais um, mas NÃO! Aquele adolescente enfrentou o gigante de quase 3 metros. Ele DECIDIU segundo o que Deus tinha posto no seu coração e enfrentou aquele homem que morreu como um cão! (I Samuel 17).

Pois é!  A solução é mesmo essa! Existe ALGUÉM que tem todas as soluções e que te pode dar conselhos sobre todas as tuas decisões. No curso, no emprego, na escolha da tua ou teu namorada(o), nas pequenas coisas do dia-a-dia. Depois, só tens que aceitar o conselho e REALIZÁ-LO. Embora muitas vezes não percebamos as coisas e pareça que não fazem sentido, como no caso de David e Golias, mas EM DEUS TUDO, MAS MESMO TUDO, FAZ SENTIDO! CONFIA!

Posso-te falar por experiência própria. Deus tem sido espectacular em toda a minha vida. Ouve decisões que tive que tomar há mais de 7 anos atrás... e graças a Deus tive a coragem de seguir a Sua vontade. Só consegui perceber o porquê daquelas escolhas mais de 5 anos depois. O que para mim era simplesmente um sonho agora é realidade!

Olha, desafio-te agora mesmo: procura numa Bíblia Mateus 7:7 e 8. Lê e pede a Deus um conselho e a Sua direcção... e depois REALIZA... CONFIA (ter fé)... ESPERA... e ALCANÇA .... DEUS É ESPETACULAR, DESAFIA-O E VIVE UMA VIDA ESPETACULAR, UMA VIDA EXTRAVAGANTE COMO SÓ ELE PODE DAR. Aprende a viver a sério! Não deites a perder tudo o que Deus tem para ti. É só buscares e receberes!

Afinal viver nem custa assim tanto ... nós é que complicamos à brava! Não te esqueças, Jesus teve que tomar a decisão mais dificil de todas, que foi entregar-Se numa cruz, para que nós possamos hoje tomar as DECISÕES CERTAS.

Deus vos abençoe ricamente. Vou estar a orar por vocês!

 

Ricardo Dias, BSteen Setembro 2002