Deixa-te influenciar...

16-04-2010 18:47

 

Jesus, mesmo sendo Deus, nunca deixou de buscar a influência do Pai! Ele sempre orou, dispôs-se a ouvir a voz de Deus e esforçou-Se ao máximo por vê-Lo feliz com as Suas atitudes!

Quantas vezes inconscientemente, somos influenciados através daquilo que vemos, ouvimos e fazemos: através da música, da TV, dos livros que lemos e até do convívio diário com os nossos amigos...

Algumas influências marcam-nos de tal maneira que alteramos o visual, o vocabulário, o quarto, deixamos até de gostar de muitas coisas que gostávamos antes! Ficamos diferentes na nossa interacção com os outros, connosco, e principalmente com Deus! Até o nosso modo de pensar, de sentir e de estudar ficam diferentes!

 

Hoje em dia, quase tudo o que nos rodeia são más influências! Basta ligarmos a televisão, navegarmos na net ou ouvirmos a rádio. No entanto, Deus deu-nos aquilo a que chamamos “livre arbítrio”, ou seja, não somos obrigados a “engolir” tudo o que o mundo nos oferece, mas podemos aproveitar o que não nos contamina espiritualmente (que já é tão pouco) e deitar as espinhas fora!

Em Salmos 37:27 diz que devemos afastar-nos do mal e fazer o bem! Fazer o bem é seguir a orientação/influência de Deus e deixar que seja Ele a mostrar-nos o que de facto nos pode influenciar positivamente, para que possamos fazer o que está certo (aos olhos Dele)!

Devemos ter a certeza de que aquilo que fazemos está a contribuir para glorificar o Pai e a servir de bênção para nós (I Coríntios 10:31)! Para isso, temos de procurar influências positivas que nos inspirem a agir positivamente! Temos de ser selectivos naquilo que ouvimos, vemos e fazemos, e sabermos distinguir o certo do errado, de forma a contribuir para o nosso próprio enriquecimento espiritual!

Apesar de termos grandes exemplos na Bíblia de homens que buscaram a influência de Deus, o maior e melhor exemplo foi o que Jesus nos deixou! Jesus, mesmo sendo Deus, nunca deixou de buscar a influência do Pai! Ele sempre orou, dispôs-se a ouvir a voz de Deus e esforçou-Se ao máximo por vê-Lo feliz com as Suas atitudes! Lembras-te da tentação no deserto(Lucas 34:1-13)? Pois é, se nós não buscarmos a influência de Deus como Jesus fez, vamos cair em todas as ratoeiras do inimigo!! Jesus até podia ter optado por “auto-instruir-Se” espiritualmente, porque Ele era perfeito como Deus, mas, para além Dele querer dar-nos o exemplo, Ele sentiu necessidade de buscar incessantemente a Sua influência!

 

Tal como Cristo, nós também precisamos sentir essa necessidade de buscar Deus e deixarmo-nos ser influenciados por Ele! Se orarmos, lermos a Sua Palavra, e esforçarmo-nos para Lhe agradar, Ele vai influenciar-nos tanto que o mundo vai ver em nós as qualidades de Jesus e dirá que somos parecidos com Ele!

Deus é a influência mais importante!... O pior é que nem sempre O deixamos influenciar-nos como Ele quer... distraímo-nos nos cultos, esquecemo-nos de orar, e só pegamos na Bíblia quando limpamos o pó ao quarto ou quando vamos à igreja!

Ele quer nos influenciar positivamente, acima de tudo aquilo que nos rodeia, para que todos à nossa volta sejam testemunhas dessa Grande Influência! Jesus influenciou o mundo com a Sua presença na Terra (influenciado 100% por Deus). Agora Ele quer influenciar-te com a Sua presença em Ti!! Deixa-te influenciar... totalmente por Deus! E verás que Ele fará de ti uma grande e boa influência!

 

Marta Santos, BSteen Janeiro 2005